type='text/javascript'/> {lang: 'en-US'}

domingo, 17 de abril de 2016

V Temporal 2016

Está chegando a quinta edição do “Temporal: Encontros de Dança Contemporânea e Composição em Tempo Real” que acontecerá no mês de setembro de 2016. O evento organizado pelo Conectivo Nozes junto ao Curso de Dança da Universidade Federal de Uberlândia realizará uma nova etapa este ano, com vários encontros de dança e espaços abertos para diálogos e debates.
Serão organizadas Oficinas, Residência e Apresentações. Não perca a oportunidade de criar, pesquisar e experimentar nesse encontro.

As inscrições para as oficinas serão gratuidas e disponibilizadas do blog. Aguardem!!



O projeto Temporal – Encontros de Dança Contemporânea e Composição em Tempo Real visa a organização de encontros de caráter artístico e científico que pretendem discutir processos de Improvisação e de Composição em Tempo Real em Dança Contemporânea, colaborando para a afirmação de espaços de discussão e apresentação de trabalhos na cidade de Uberlândia. Temporal é uma chuva de ideias, encontros, propostas e práticas. Talvez seja a tentativa utópica de ainda acreditarmos na possibilidade de uma convivência mais afetiva dentro e fora da Universidade provocada pela dança e a poesia. São momentos, mas desejamos que eles respinguem em outras ações tão íntimas e intensas.

Circulação Conectivo Nozes - Prêmio de Artes Cênicas do Estado de Minas Gerais

Nesse mês de abril começamos  a circular com o espetáculo "Sobre Pontos, Retas e Planos"  e oficinas através do Prêmio Artes Cênicas de Minas Gerais. 
Seguem as datas:
15 de abril - Tupaciguara
16 de abril - Uberaba
6 a 7 de maio - Montes Claros, Pirapora e Bocaiúva
14 de maio - Patos de Minas
21 de maio - Araguari
22 de maio - Sacramento
Acompanhem os locais  de apresentação e oficina pelo link https://www.facebook.com/ConectivoNozes/?fref=ts

Esperamos vocês!

Jornal Correio - Resultado Boca de Cena 2016

Secretaria de Cultura divulga lista de espetáculos do Boca de Cena

A Secretaria de Cultura divulgou a relação dos 15 espetáculos contemplados pelo projeto Boca de Cena deste ano. A iniciativa, reeditada em 2015, fomenta a apresentação de montagens nas áreas de música, dança e teatro, com datas no Teatro Rondon Pacheco e no Teatro Municipal de Uberlândia entre maio e outubro.
Foram avaliadas 32 propostas inscritas e selecionados 15 de 18 projetos previstos no edital. Uma data do Teatro Municipal de Uberlândia e duas no Teatro Rondon Pacheco, destinadas a espetáculos de dança, não foram ocupadas, porque não houve inscritos, segundo Ênio Bernardes, da Comissão de Avaliação.
“Lamentamos que não houve as inscrições, porque há demanda. Há 25 academias de dança na cidade. Ano passado, recebemos entre 10 e 15 inscrições da área. Alguns profissionais de dança afirmam que seus espetáculos não se enquadram no palco italiano”, diz Bernardes.
“Dreams”, espetáculo de dança contemporânea de Ana Carolina da Rocha, inédito no Brasil, encerrará o Boca de Cena deste ano (Foto: Denitsa Dikova / divulgação)
“Dreams”, espetáculo de dança contemporânea de Ana Carolina da Rocha, inédito no Brasil, encerrará o Boca de Cena deste ano (Foto: Denitsa Dikova / divulgação)
Os selecionados ficam isentos da taxa de ocupação dos teatros, têm ajuda de custo de R$ 2 mil e recebem toda arrecadação da bilheteria. Além de contribuir para a apresentação das produções artísticas locais, o projeto fomenta o acesso do público à Arte, já que os ingressos não podem ultrapassar o valor de R$ 20.
Entre os projetos selecionados de música, está o show “Onze”, da banda Senomar. “É a primeira vez que participamos do edital e a primeira vez que tocamos no Teatro Rondon Pacheco. Ficamos empolgados, porque é lugar importante para cultura de Uberlândia”, diz o proponente Gabriel Melo, um dos guitarristas da banda.
O início da temporada 2016 do Boca de Cena está previsto para 19 de maio, com encenação da peça “O Debute”, do grupo Anjos da Alegria, no Municipal. “Todos os nossos espetáculos foram incentivados pelo Boca de Cena. É um mecanismo importante para a classe artística local, que aumenta o acesso aos teatros. A única crítica que tenho é quanto às reserva das datas, que, neste ano, não disponibilizou nenhum fim de semana”, diz o proponente Emilliano Freitas.
O encerramento será em 23 de outubro, no Rondon Pacheco, com a apresentação solo de dança, “Dreams”, proposto por Ana Carolina da Rocha e inédito no Brasil. “Eu criei a montagem em uma residência, quando estava em Barcelona, fazendo pós-doutorado. É um espetáculo de dança contemporânea, de improvisação, composição em movimento”, diz a dançarina.

Boca de Cena 2016 – projetos selecionados*

Dança
– “Arkhitekton”, de MarlenKenia
14/7 no Teatro Municipal
– “Matéria Bruta”, de Strondum
16/9 no Teatro Municipal
– “Dreams”, de Ana Carolina da Rocha
23/10 no Teatro Rondon Pacheco
Música
– “Dikika – Heróis e Heroínas Afro-brasileiros”, da Banda Dikika e Convidados
20/5 no Teatro Municipal
– “Um Sonho em Melodia”, de Nicolau Sulzbeck
13/7 no Teatro Municipal
– “Araceli Chacon Plays Bach”, de Araceli Chacon Sobrinha
15/9 no Teatro Municipal
– “Onze”, de Senomar
19/6 no Teatro Rondon Pacheco
– “Viola Flor canta Pena Branca e Xavantinho Grupo”, de Viola Flor
19/8 no Teatro Rondon Pacheco
– “Uma Pequena Serenata Noturna”, da Orquestra Experimental Uberlândia
22/10 no Teatro Rondon Pacheco
Teatro
“O Debute”, de Anjos da Alegria
19/5 no Teatro Municipal
“Muiraquitã”, de Artimanha
15/7 no Teatro Municipal
“Parabellum (si vis pacem)”, de Dyonysiacos Cia. de Teatro
14/9 no Teatro Municipal
“Apaixonadamente Humanus”, do Grupo de Teatro Apoteose
18/6 no Teatro Rondon Pacheco
“O Lobo”, de Zerovírgula1
21/8 no Teatro Rondon Pacheco
“Rapunzel”, de Associação Trupe de Truões
21/10 no Teatro Rondon Pacheco
*As datas estão sujeitas a alteração
Link disponível: http://www.correiodeuberlandia.com.br/entretenimento/secretaria-de-cultura-divulga-lista-de-espetaculos-do-boca-de-cena/

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Divulgação no Jornal Correio de Uberlândia do IV Temporal

LINK: http://www.correiodeuberlandia.com.br/entretenimento/ufu-recebe-a-4a-edicao-do-festival-temporal-de-danca-nesta-semana/


UFU recebe a 4ª edição do Festival Temporal de Dança nesta semana

Para desafiar o corpo em improvisações e também com o objetivo de questionar o posicionamento sócio-político de bailarinos, com o uso da arte, o Conectivo Nozes, coletivo de dança uberlandense, e o Grupo de Pesquisa Dramaturgia do Corpo-Espaço da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) promovem, de terça-feira (22) até sábado (26), a quarta edição dos Encontros de Dança Contemporânea e Composição em Tempo Real (Temporal).
Além de espetáculos, oficinas e performances abertas ao público, a programação do Temporal conta com encontros feitos pelo Conectivo Nozes com artistas convidados.
Com idealização e organização de Ana Carolina Mundim, Jarbas Siqueira, Patrícia Chavarelli, Emilliano Alves de Freitas Nogueira, Isabela Giorgiano e Mariane Araújo Vieira, a quarta edição pretende estreitar a relação entre artistas, a universidade e a comunidade.
Festival Temporal  incentiva os bailarinos a desafiar seus corpos em  improvisações (Foto: Divulgação)
Festival Temporal incentiva os bailarinos a desafiar seus corpos em improvisações (Foto: Divulgação)
Segundo Freitas, a realização do Temporal evidencia as interações entre os saberes dos artistas e as percepções dos espectadores. “A composição cênica é o espaço onde o artista-criador compartilha o universo criativo e amplia a imaginação do público. A improvisação em dança cria um momento de partilha com o outro e provoca um desprendimento de algumas condições sociais do corpo no contexto da vida contemporânea”, diz o artista.
Nesta quarta edição, o evento conta com oficinas a serem ministradas pela bailarina, professora e coreógrafa Bruna Bellinazi e Ricardo Neves, diretor artístico do Encontro Internacional de Contato Improvisação, de São Paulo (SP), e professor e curador do Panorama de Contato Improvisação no Brasil.
O grupo
O Grupo de Pesquisa Dramaturgia do Corpo-Espaço foi fundado em 2010 como primeira ação do curso de bacharelado em Dança da UFU e tem como foco de estudos as possibilidades técnico-criativas na dança contemporânea, especialmente, na improvisação e na composição em tempo real. De acordo com Freitas, o Conectivo Nozes surgiu pouco depois como um braço de extensão do grupo de pesquisa, por conta da necessidade de realização e circulação de produções artísticas, como os encontros, oficinas e apresentações, além da promoção de práticas pedagógicas em escolas públicas de Uberlândia.
Serviço
A quarta edição dos Encontros de Dança Contemporânea e Composição em Tempo Real (Temporal) acontece de terça-feira (22) a sábado (26), no campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia (avenida João Naves de Ávila, 2.121, Santa Mônica) e na Oficina Cultural (praça Clarimundo Carneiro, 204, Fundinho), com atividades abertas ao público e encontros para convidados. As atividades de hoje são para convidados. Entrada franca. Informações: 9133-8804.
Programação
Terça-feira (22)
Encontro de Improvisação Conectivo Nozes
  • Local: bloco 5U do campus Santa Mônica da UFU
  • Horário: 8h às 12h
  • Entrada somente para convidados
Quarta-feira (23)
Encontro de Improvisação Conectivo Nozes
  • Local: bloco 5U do campus Santa Mônica
  • Horário: 8h às 12h
  • Entrada somente para convidados
Oficina Projeto Corpo e(m) movimento, com Bruna Bellinazzi
  • Horário: 14h às 16h
  • Local: Oficina Cultural
  • Aberta aos alunos da Escola Estadual do Parque São Jorge
Oficina Queda, desorientação e ascensão, com Ricardo Neves
  • Horário: 18h30 às 21h30
  • Local: Oficina Cultural
  • Entrada franca
Quinta-feira (24)
Encontro de Improvisação Conectivo Nozes
  • Local: bloco 5U do campus Santa Mônica
  • Horário: 8h às 12h
  • Entrada somente para convidados
Oficina Queda, desorientação e ascensão, com Ricardo Neves
  • Horário: 18h30 às 21h30
  • Local: Oficina Cultural
  • Entrada franca
Sexta-feira (25)
Encontro de Improvisação Conectivo Nozes
  • Local: bloco 5U do campus Santa Mônica
  • Horário: 8h às 12h
  • Entrada somente para convidados
Compartilhamento de Processo de Criação: interação de conceitos entre física e dança
  • Horário: 19h
  • Local: Saguão do bloco 5U do campus Santa Mônica
  • Entrada franca
Roda de conversa O processo de criação na composição em tempo real em dança contemporânea
  • Horário: 19h30 às 21h30
  • Local: sala 01 do bloco 3M do campus Santa Mônica
  • Entrada franca
Sábado (26)
Encontro de Improvisação Conectivo Nozes
  • Local: bloco 5U do campus Santa Mônica
  • Horário: 8h às 12h
  • Entrada somente para convidados
Performance de resultado do Encontro de Improvisação
  • Horário e local serão divulgados pelo Conectivo Nozes

IV Temporal - Performances

No dia 25 de setembro tivemos compartilhamentos de perfomances durante o IV Temporal no saguão do bloco 5U, UFU, Campus Santa Mônica.
Às 18h Brunna Bellinazi apresentação "Me Conte uma lembrança que eu te dou uma dança". 
Às 19:00 o Conectivo Nozes compartilhou o processo de criação: Espaço - Interação de conceitos entre física e Dança. 




IV Temporal - Encontro de artistas

Encontro de Improvisação com Conectivo Nozes, Thalita Reis (UFV), Luciano Botelho (Híbridus), Bruna Bellinazzi, e orientação de Ricardo Neves.











II Encontro Latino-americano de Investigadores/as sobre el cuerpo y corporalidades en las culturas, em Bogotá/Colombia

Hoje ministramos a Oficina "Movíveis" no II encontro Latino-americano de Investigadores/as sobre el cuerpo y corporalidades en las culturas, em Bogotá/Colombia.







Apresentação do Sobre pontos, retas e planos em Nau de Dionísio

No dia 30 de setembro apresentamos o espetáculo "Sobre pontos, retas e planos" no projeto Nau de Dionísio, às 20h no Teatro Rondon Pacheco! Entrada franca e sincera!



















quarta-feira, 26 de agosto de 2015

IV Temporal - 2015



Vem aí o IV Temporal, acompanhem a nossa programação!!





As inscrições para a oficina do Ricardo Neves estarão abertas até o dia 11 de setembro. Envie nome completo, currículo breve (máximo 5 linhas) e carta de intenção (máximo 5 linhas) para o e-mail conectivonozes@gmail.com

sábado, 4 de abril de 2015

Pesquisas

Pesquisadora: Profa. Dra. Ana Carolina Mundim
Pesquisa de Pós Doutorado, com financiamento CAPES/UFU
Título: Improvisação em dança: corpoespaço em experiência
Resumo: O presente plano de estudos visa o desenvolvimento de investigações teórico-práticas acerca da improvisação em dança contemporânea, tomando como eixo central de discussão abordagens sobre corpoespaço. Para tanto, a pesquisadora acompanhará o trabalho do artista pesquisador Julyen Hamilton, que desenvolve, na Espanha, trabalhos de composição em tempo real, tendo como um dos focos de atuação o corpoespaço.
Palavras-chave: Dança contemporânea; improvisação; composição em tempo real; corpoespaço


Pesquisador: Jarbas Siqueira Ramos
Título: Notas sobre o Corpo-Encruzilhada: Estudos do Corpo no Ritual e na Cena
(Pesquisa de Doutorado pelo Dinter UFU-Unirio)
Resumo: A pesquisa propõe uma elaboração conceitual sobre a ideia de corpo-encruzilhada, tendo como campo de observação e análise o congado da cidade de Bocaiúva/MG e o campo das artes da cena, especialmente a dança, o teatro e a performance cultural. Compreende uma discussão sobre as questões epistemológicas para estudos do corpo no universo da cultura brasileira, considerando a necessidade de reflexão sobre a descolonização do corpo e, para tanto, assumir outras possibilidades epistemológicas que considerem as epistemologias locais e a ecologia de saberes. Subsidiam esse estudo trabalhos dos campos da Antropologia da Performance, das Performances Culturais, dos Estudos Culturais, da Literatura, da Linguística, das Artes Cênicas e das Epistemologias do Sul. Propõe como resultado a elaboração de tese a ser apresentada ao PPGAC-UNIRIO.
Palavras-Chave: Corpo-Encruzilhada. Descolonização do Corpo. Congado. Artes da Cena

Pesquisadora: Mariane Araujo Vieira
Título: Espaço: Interações entre Física e Dança
Resumo: A pesquisa visa o desenvolvimento de um processo criativo de um espetáculo de composição em tempo real em dança.  O trabalho realizado junto ao Grupo de Pesquisa Dramaturgia do CorpoEspaço que tem como foco aprofundar o conceito de Espaço nas perspectivas da Física e da Dança.
Palavras-chave: Dança; Física; Espaço; Interdisciplinaridade.

Pesquisadora: Patricia Chavarelli Vilela da Silva
Titulo: Corpo e(m) movimento
Resumo: Como pesquisadora, tenho direcionado minhas observações aos processos auto-educacionais pelos quais passa o ser humano em cada fase de sua existência. Essa pesquisa, em especial, procura desenvolver junto a crianças do ensino fundamental investigações do corpo e(m) movimento por meio de recursos pedagógicos que consideram a unicidade e a complexidade do ser humano. Nesse sentido, os estudos artísticos desenvolvidos no grupo de pesquisa Dramaturgia do CorpoEspaço são deslocados ao território escolar e ressignificados pelos CorposEspaços ali presentes. A pesquisa tem por foco o trabalho com as crianças e seu entorno; para tanto, temos realizado também ações paralelas com os adultos que as atendem na escola (professores e funcionários).
Palavras-chave: educação, dança contemporânea, improvisação, percepção, corpoespaço.



terça-feira, 6 de janeiro de 2015